Home » Future Aspirations – Aspirações

Future Aspirations – Aspirações

Advertisements

Education  :

The Burgher Community has lot to achieve in terms of education.  The good old days the Burghers holding higher positions in the governmental departments are all gone.

80 Club in Australia is supporting our students to facilitate access to education since tsunami.

We need more support in the form of finance to help our students enabling them to get good education. Anyone welcome to sponsor our students….

Welfare         :

The Burghers are far below compared with the other communities accessing facilities.

Culture        :

We have to preserve our Burgher culture, specifically language as it is not spoken in every home.

Finance       :

By acquiring good education and good jobs, the Burghers can come to a position.

Membership :

We have currently members from the Eastern Province.

Sports and Recreation :

We had a foot ball club called “Burgher’s Recreation Club” which is not existent as of the conflict in Sri Lanka and we are working on reforming the club. But we have many foot ball players from all different locations in the East, playing for several other clubs. We need to raise funds to establish this efficient club.

Looking for funds to implement projects such as these:

The behavior and conduct of the Burghers have been changed to adapt to the local community, in terms of thinking, dressing, living and etc. so that the adaptation has done much damage to our own personality and individuality in many aspects. Having collaboration with Portuguese in the following can lead to the change in Language, culture, food, behavior and thinking pattern.

Very minimum or no efforts has been taken towards the preservation of the Burgher Culture, Contemporary Portuguese Language, Creole Portuguese Language, traditional food, traditional trades,  traditional game

Space:

There is no space to gather the Eastern Burghers for any meetings or gatherings at a place at once. – a cultural center to cater like 2000 people – like Nelum Pokana stadium in Colombo with stage could be of help to have the Programmes for the Burghers at the same time it can be accessible to the other ethnic groups for the cultural promotion work which can create and maintain good relationship between Burghers and the other community and it can also be an income generating avenue for the Burghers.

Language:

A mobile phone application –dictionary to be developed for the students to learn the language easily as almost all the homes have a mobile phone and the easy way to learn is to listen and to interact.

Burghers cannot speak contemporary Portuguese to have ties with the Portuguese – need a teacher to teach Portuguese.

Most of the Burghers do not speak Creole Portuguese at home which distinguishes as the Portuguese Burghers. Language classes on contemporary and Creole Portuguese should be conducted.

 Traditional Food:

As most of the Burghers do not know on how to make the traditional food, cookery classes should be conducted to preserve and promote at area level.

In the Museum the traditional food can be served, which also paves the way to preserve the tradition as well as for income generation. We have 15 Area committees. Trainings on traditional food can be given at area level to all the areas. Exchanges between Portuguese and the Portuguese Burghers on this could be also an option to share and learn from each other. With tourism promotion traditional food too can be promoted and it can pave the way for income generation.

Music and Dance:

Monthly financial contribution towards the music group and dancers should be given. They attend at least 2 events monthly invited by the government in the Batticaloa District. This can be also extended to Trincomalee and Ampara Districts to voice out the existence of Portuguese Burghers in the Eastern Province. We have 15 Area committees. Trainings on Music can be given at area level to all the areas. Exchanges between Portuguese and the Portuguese Burghers on this could be also an option to share and learn from each other. The Music groups do not have the traditional musical instruments. With tourism promotion music and dance too can be promoted and it can pave the way for income generation. The Music groups do not have the traditional musical instruments.

Traditional job:

Job Opportunities are limited within Sri Lanka with the government and nongovernmental sectors, but there are scope on tourism which can be a solution for this problem– Can have a hostel (hotel) type of accommodation on the beach and have the Portuguese working in the hostels as Portugal has well developed on tourism and the facilities, well trained Portuguese can work in the hostel of our own in the Eastern Province and at the same time they too can train the Burghers on the field of tourism. So it is an opportunity for both. Even Portuguese have less job opportunities within Portugal. Traditional traditional work is not improved with latest technology – have to keep the tradition. Traditional job such as Mechanical work, Carpentry, Welding and they are not considered for government contracts as they do not have political influence.- but to preserve some of the dying trades, some research has to be done on how to preserve them may be with the latest technology it can be improved and will be able to find more opportunities.

Portugal is skilled at fishing with the latest technology. The Burghers too can be trained by the Portuguese to find more job opportunities.

Marriage:

There is no organized system to arrange weddings within the Burgher Community – a data base of un- married males and females to be collected. A data base to be built and information should be gathered from all the 15 areas.

Traditional Game:

Foot Ball is the Traditional game of the Portuguese Burghers. In Sri Lanka, it is the Portuguese Burghers who introduced the game of football and at the District level foot ball is very common and the Eastern Province is well known for the game of foot ball too.

We had a foot ball club called the Burghers’ Recreational Club which represented the Burghers of the Eastern Province in Batticaloa. With the ethnic conflict and 3 decades of war it faced with many challenges and after the tsunami in 2004 the club lost its resources and its no more functioning. Burgher Union is re-organizing the club and the players are scattered and playing for several other clubs. As Burghers, playing for one club is very powerful as the Burghers are very skilled with the game of foot ball. What is lacking is the play ground to play. If we can have a play ground to practice and play together, we will be able to come together and play together to achieve our goal. As the government is not in a position to provide us with a play ground, we should be able to buy a play ground and have it for ourselves. The play grounds that we developed in the government lands been taken by the government.

We have identified a land to purchase for a foot ball ground which estimates to amount EURO 1,237,085.85.

We are looking for your support.

Tourism:

The Portuguese fortress which was later demolished by the Dutch and reconstructed will be available to all the ethnic groups present in Batticaloa. A room will be given for the Portuguese Burghers to introduce themselves to the tourists. This small office can be an information center for the tourists.

We need a small Museum –and a Cultural center attached together, it can be in the form of an Old Burgher house too. This place can be referred at the tourism office at the fortress. When the tourists are around, the museum should be accessible with history of Portuguese in Batticaloa, Eastern Province and Sri Lanka and together with the objects too.

The culture, Music, dance and traditional food can be exposed to the tourists to show the existence of the Portuguese Burghers and also for income generation too.

 

 

Aspirações

 

Educação

 

A comunidade Burgher tem um longo caminho a trilhar ao nível da educação. Os velhos tempos em que membros da comunidade detinham posições no Governo pertencem ao passado.

O 80 Club, na Austrália, vem apoiando os nossos estudantes desde o tsunami.

Precisamos de maior apoio em termos financeiros para ajudar os nossos estudantes a obter uma boa educação. São bem-vindos todos os que estejam disponíveis para apoiar os nossos estudantes.

 

Bem-estar social

A comunidade Burgher está muito aquém do ideal relativamente a outras comunidades em termos de acesso a infra-estruturas.

 

Cultura

Precisamos de preservar a nossa cultura Burgher, especialmente a língua, uma vez que não é falada em todos lares.

 

Finanças

Adquirindo uma boa educação e bons empregos, os Burghers podem aspirar a uma boa posição social.

 

Afiliação

Actualmente, temos membros da Província Oriental.

 

Desporto e lazer

Tivemos um clube de futebol chamado “Burgher’s Recreation Club”, que já não existe devido ao conflito no Sri Lanka, e estamos a trabalhar para o seu renascimento. Temos muitos jogadores de futebol oriundos de vários lugares da província a jogar noutros clubes. Precisamos de reunir fundos para fazer renascer o nosso clube.

 

 

Em busca de fundos para implementar os seguintes projectos

 

O comportamento e as atitudes dos Burghers têm vindo a modificar-se de forma a adaptarem-se à comunidade local, em termos de pensamento, vestuário, modos de vida, etc., e tais adaptações causaram bastante dano à nossa personalidade e individualidade em muitos aspectos. Acreditamos que através de uma cooperação com os portugueses, em vários domínios, poderão ocorrer mudanças na língua, na cultura, na gastronomia, comportamento e padrão de pensamento.

Muito poucos ou nenhuns esforços têm sido feitos no sentido da preservação da cultura Burgher, língua portuguesa contemporânea, crioulo português, gastronomia, actividades económicas e jogos tradicionais.

 

Espaço

Não existe um espaço adequado para acolher uma reunião de todos os Burghers orientais – um centro cultural apto a receber cerca de 2000 pessoas – como o estádio Nelum Pokana, em Colombo –, que poderia ser útil para iniciativas da comunidade Burgher e ficar ao mesmo tempo acessível a outros grupos étnicos para as suas actividades culturais. Um espaço como esse poderia contribuir para criar e manter um bom relacionamento entre os Burghers e as outras comunidades, assim como constituir um meio de geração de receitas para a comunidade Burgher.

 

Língua

O desenvolvimento de uma aplicação / dicionário móvel seria de grande utilidade para uma aprendizagem mais facilitada da língua pelos estudantes, uma vez que quase todos os lares possuem um telemóvel e a forma mais fácil de aprender é ouvir e interagir.

Os Burghers não falam português contemporâneo, de forma a serem capazes de desenvolver laços com os portugueses – precisamos de um professor para ensinar língua portuguesa.

A maioria dos Burghers não fala crioulo português em casa, característica que sempre os distinguiu como Burghers portugueses. Seria importante que houvesse aulas de crioulo português e de língua portuguesa contemporânea.

 

Gastronomia tradicional

Como a maioria dos Burghers não sabe preparar comida tradicional, podem ser organizados cursos de cozinha com o objectivo de preservar e promover esses saberes.

A comida tradicional poderia ser servida no Museu, o que não só providenciaria uma forma de preservação da tradição, como poderia também gerar receitas. Temos 15 comités de área. Pode ser organizada formação em culinária tradicional em cada uma das áreas. As trocas entre portugueses e Burghers portugueses neste capítulo pode ser uma opção útil para a partilha e a aprendizagem mútua. Através da promoção turística, também a gastronomia pode ser divulgada, o que pode constituir uma forma de gerar receita.

 

Música e dança

Seria importante atribuir uma subvenção financeira mensal a músicos e dançarinos. Eles participam em, pelo menos, dois eventos mensais, por convite do Governo no distrito de Batticaloa. Isto pode ser também alargado aos distritos de Trincomalee e de Ampara, para ajudar a difundir a realidade dos Burghers portugueses na costa oriental. Através dos nossos 15 comités de área poderiam ser organizadas formações em música em todas as diferentes áreas. As trocas entre portugueses e Burghers portugueses neste capítulo poderiam ser uma opção útil para a partilha e a aprendizagem mútua. Os grupos musicais não possuem os instrumentos tradicionais. Através da promoção turística, também a música e a dança podem ser divulgadas, abrindo a possibilidade de geração de receitas.

 

Empregos tradicionais

As oportunidades de emprego são limitadas nos sectores público e privado, mas existe uma oportunidade na área do turismo que pode ser uma solução para este problema. Podemos ter alojamentos do género de um hostel (ou hotel) na praia, com o apoio de portugueses, uma vez que Portugal tem experiência de desenvolvimento do turismo e de instalações turísticas. Portugueses com formação especializada poderiam trabalhar em instalações nossas na Província Oriental e ao mesmo tempo formarem os Burghers na área do turismo. Seria uma oportunidade para ambas as comunidades. Mesmo os portugueses também têm actualmente menos oportunidades de trabalho em Portugal. O trabalho tradicional não beneficiou com as últimas tecnologias – a tradição tem que ser mantida nesse tipo de actividades. Empregos tradicionais tais como o trabalho em mecânica, carpintaria e soldadura, não considerado pelas contratações públicas, não têm prestígio nem influência política. Mas, no sentido de preservar algumas actividades económicas tradicionais, tem de ser feita alguma investigação sobre a forma de os preservar – eventualmente com tecnologia recente poderão melhorar e descobrir mais oportunidades.

Portugal tem experiência na pesca com tecnologias de ponta. Os Burghers poderiam também ter acesso a formação dada por portugueses, de forma a encontrar mais oportunidades de trabalho.

 

Casamentos

Não existe nenhum sistema organizado de ajustar casamentos dentro da comunidade Burgher, uma base de dados de solteiros e solteiras. Deveria ser construída essa base de dados com informação reunida de todas as 15 áreas.

 

Jogos tradicionais:

O futebol é um jogo tradicional dos Burghers portugueses. No Sri Lanka, foram os Burghers portugueses que introduziram o futebol e ao nível do distrito este desporto é muito popular. A Província Oriental é muito conhecida pelo futebol.

Nós tínhamos um clube de futebol chamado “Burghers Recreational Club”, representante dos Burghers da Província Oriental em Batticaloa. Devido ao conflito étnico, e às três décadas de guerra, o clube enfrentou muitas adversidades e quando aconteceu o tsnunami de 2004 o clube perdeu os seus recursos e deixou de estar activo. A União Burgher está a reorganizar o clube, estando os jogadores dispersos a jogar por outros clubes. Os Burghers são muito bons jogadores, o que falta é um campo para jogar. Se tivermos um campo para treinar e jogar em conjunto, estaremos aptos para nos unirmos e alcançarmos os nossos objectivos. Uma vez que o Governo não pode providenciar um campo de futebol, seria importante termos capacidade financeira para o adquirir. O espaço do anterior campo tem vindo a ser ocupado pelo Governo. Localizámos o terreno adequado para construir um campo de futebol e calculamos o seu custo é de EUR 1,237,085.85. Esperamos contar com o seu apoio.

Turismo

O forte português, que foi demolido e mais tarde reconstruído pelos holandeses, estará disponível para todos os grupos étnicos de Batticaloa. Será reservada uma sala para os Burghers portugueses divulgarem a sua história e a sua realidade cultural aos turistas. Este espaço pode ser também um centro de informação para os turistas.

Precisamos de um pequeno museu, com um centro cultural, que pode funcionar, eventualmente, numa antiga casa Burgher. O espaço pode ser divulgado através do posto de turismo na fortaleza. Durante a visita dos turistas, o museu deverá estar acessível, mostrando a história dos portugueses em Batticaloa, na Província Oriental e no Sri Lanka, juntamente com os objectos do acervo.

A cultura, a música, a dança e a comida tradicional podem ser divulgadas entre os turistas para revelar a realidade da comunidade de Burghers portugueses e, também, gerar receita.

 

 

Advertisements